A incrível geração de mulheres que foi criada para ser tudo o que um homem NÃO quer

Acabei de me deparar com esse texto e tive que compartilhar com vocês!

Às vezes me flagro imaginando um homem hipotético que descreva assim a mulher dos seus sonhos:

“Ela tem que trabalhar e estudar muito, ter uma caixa de e-mails sempre lotada. Os pés devem ter calos e bolhas porque ela anda muito com sapatos de salto, pra lá e pra cá.

Ela deve ser independente e fazer o que ela bem entende com o próprio salário: comprar uma bolsa cara, doar para um projeto social, fazer uma viagem sozinha pelo leste europeu. Precisa dirigir bem e entender de imposto de renda.

Cozinhar? Não precisa! Tem um certo charme em errar até no arroz. Não precisa ser sarada, porque não dá tempo de fazer tudo o que ela faz e malhar.

Mas acima de tudo: ela tem que ser segura de si e não querer depender de mim, nem de ninguém.”

Pois é. Ainda não ouvi esse discurso de nenhum homem. Nem mesmo parte dele. Vai ver que é por isso que estou solteira aqui, na luta.

O fato é que eu venho pensando nisso. Na incrível dissonância entre a criação que nós, meninas e jovens mulheres, recebemos e a expectativa da maioria dos meninos, jovens homens,  homens e velhos homens.

O que nossos pais esperam de nós? O que nós esperamos de nós? E o que eles esperam de nós?

Somos a geração que foi criada para ganhar o mundo. Incentivadas a estudar, trabalhar, viajar e, acima de tudo, construir a nossa independência. Os poucos bolos que fiz na vida nunca fizeram os olhos da minha mãe brilhar como as provas com notas 10. Os dias em que me arrumei de forma impecável para sair nunca estamparam no rosto do meu pai um sorriso orgulhoso como o que ele deu quando entrei no mestrado. Quando resolvi fazer um breve curso de noções de gastronomia meus pais acharam bacana. Mas quando resolvi fazer um breve curso de língua e civilização francesa na Sorbonne eles inflaram o peito como pombos.

Não tivemos aula de corte e costura. Não aprendemos a rechear um lagarto. Não nos chamaram pra trocar fralda de um priminho. Não nos explicaram a diferença entre alvejante e água sanitária. Exatamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.

Mas nos ensinaram esportes. Nos fizeram aprender inglês. Aprender a dirigir. Aprender a construir um bom currículo. A trabalhar sem medo e a investir nosso dinheiro.  Exatamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.

Mas, escuta, alguém  lembrou de avisar os tais meninos que nós seríamos assim? Que nós disputaríamos as vagas de emprego com eles? Que nós iríamos querer jantar fora, ao invés de preparar o jantar? Que nós iríamos gostar de cerveja, whisky, futebol e UFC? Que a gente não ia ter saco pra ficar dando muita satisfação? Que nós seríamos criadas para encontrar a felicidade na liberdade e o pavor na submissão?

Aí, a gente, com nossa camisa social que amassou no fim do dia, nossa bolsa pesada, celular apitando os 26 novos e-mails, amigas nos esperando para jantar, carro sem lavar, 4 reuniões marcadas para amanhã, se pergunta “que raio de cara vai me querer?”.

“Talvez se eu fosse mais delicada… Não falasse palavrão. Não tivesse subordinados. Não dirigisse sozinha à noite sem medo. Talvez se eu aparentasse fragilidade. Talvez se dissesse que não me importo em lavar cuecas. Talvez…”

Mas não. Essas não somos nós. Nós queremos um companheiro, lado a lado, de igual pra igual. Muitas de nós sonham com filhos. Mas não só com eles. Nós queremos fazer um risoto. Mas vamos querer morrer se ganharmos um liquidificador de aniversário. Nós queremos contar como foi nosso dia. Mas não vamos admitir que alguém questione nossa rotina.

O fato é: quem foi educado para nos querer? Quem é seguro o bastante para amar uma mulher que voa? Quem está disposto a nos fazer querer pousar ao seu lado no fim do dia? Quem entende que deitar no seu peito é nossa forma de pedir colo? E que às vezes nós vamos precisar do seu colo e às vezes só vamos querer companhia pra um vinho? Que somos a geração da parceria e não da dependência?

E não estou aqui, num discurso inflamado, culpando os homens. Não. A culpa não é exatamente deles. É da sociedade como um todo. Da criação equivocada. Da imagem que ainda é vendida da mulher. Dos pais que criam filhas para o mundo, mas querem noras que vivam em função da família.

No fim das contas a gente não é nada do que o inconsciente coletivo espera de uma mulher. E o melhor: nem queremos ser. Que fique claro, nós não vamos andar para trás. Então vai ser essa mentalidade que vai ter que andar para frente. Nós já nos abrimos pra ganhar o mundo. Agora é o mundo tem que se virar pra ganhar a gente de volta.

Ruth Manus

Fonte: Estadão,

Cabelos Coloridos!!

Olá pessoal, desculpe a demora para postar, mas estava toda entretida na pesquisa para o post especial sobre o 007 no Da raia a raiz, que acabei ficando um pouquinho ausente por aqui, sorry!! 😉

Mas hoje venho com um post novo cheio de cor!!

cabelostingidos

Quem nunca quis dar uma radicalizada no visual?? Eu sempre fui medrosa com relação aos meus cabelos, pois eles sempre foram motivo de muito estresse para mim, principalmente na adolescência, contudo os anos foram passando e eu comecei a cuidar um pouco melhor do coitado…e tendo mais coragem de muda-lo.

Bom, eu já pintei meu cabelo de vermelho, castanho e preto, mas nunca tive coragem, apesar de ser louca para fazer, de pintar de uma cor menos tradicional como Roxo *-* ou azul.

nathalia cabelo

Mas para quem ainda não não teve coragem de fazer e para aquelas que já fizeram, mas querem saber mais sobre o assunto, hoje o post é a primeira parte de um especial sobre os cuidados e tipos de coloração!

O primeiro passo é descobrir se seu cabelo pode ser pintado, se você fez algum tipo de química recentemente, é melhor não correr riscos e ir em um cabeleireiro para que ele faça uma analise e lhe dê a liberação.

Deeepois disso é a hora de escolher a cor!! Contudo isso não é uma tarefa tão fácil como se pensa, determinadas cores não ficam legais em determinados tons de pele, tem que haver uma harmonia para não ficar muito artificial ou te deixar muito apagada.

tinturas-para-cabelo-tons

De acordo com Thais Harari da MdeMulher, as cores que ficam melhor para cada tipo de pele são:

· Pele amarelada: marrons com nuances de cobre, vermelho e dourado.

karina Abe
· Pele rosada: tons escuros e frios, com nuances de cinza.

CARLAMANSO6
· Pele muito branca: fica bem com quase tudo. Só não vale cores muito escuras, como preto, ou muito claras, como o loiro platinado.

734162_451818024884902_1778149241_n
· Pele negra: tons escuros com nuances de dourado e vermelho.

405997_451817654884939_987911572_n

Escolhido a cor, agora é a hora de escolher o tipo de tinta e a marca, é sempre importante pegar recomendação de amigas de produtos que elas já usaram para você não cair numa furada, nem sempre o mais caro é o melhor.
tinta_cabelo

Existem 3 tipos de coloração:

Temporárias: podem cobrir sutilmente os seus cabelos brancos e criar um look diferente sem exigir um comprometimento grande da sua parte, já que essa coloração dura entre 6 e 8 lavagens.

Colorações Tom sobre Tom ou semi-permanentes: não possuem amônia e não irão clarear o seu cabelo, mas sim deixar a sua cor natural mais radiante e viva. o tom sobre tom dura até 6 semanas (20 a 28 lavagens) e cobrem até 50% os cabelos brancos.

casting-creme-gloss-500-castanho-claro

A Casting Creme gloss é da L’oreal, usei sábado passado e foi super tranquilo e fácil de aplicar, e não ressecou meu cabelo, optei por usar uma cor muito próxima do tom natural do meu cabelo, apenas para dar um reavivada no brilho, então não sei dizer se uma mudança de cor mais radical tem boa cobertura, alguém já experimentou?

Colorações Permanentes: garantem cobertura de 100% dos cabelos brancos. Esse tipo de coloração pede uma manutenção a cada 4-5 semanas pois as raízes ficam aparentes depois desse tempo.

natucor

O Natucor eu testei quando decide abandonar de vez as madeixas ruivas e pintei de preto, a cobertura foi excelente e é bem fácil de aplicar também, ao aplicar fiquei com a sensação de que tinha uma camada revestindo os fios (como se tivesse ficado mais grosso), mas depois da segunda lavagem ficou normal, eu gostei bastante do resultado final.

Próximo post trarei para vocês os cuidados pós coloração!!

Até+!

 

Fontes:

MdeMulher, Garnier, Corpo a corpo.

Acne de cara nova

Oi Gente, encontrei essa material e achei muito interessante, quis compartilhar com vocês.

As espinhas, além do problema estético, pode também ser indicador de outros problemas de saúde, como vocês vão ver abaixo. É sempre bom prevenir!!

Cuidados com a pele

Terror na adolescência, a cada dia que passa, a acne vem sendo diagnosticada com muito maior frequência nas mulheres numa faixa etária entre os 25 aos 35 anos de idade. Nessa fase, existe oleosidade, assim como ocorre na acne vulgar dos adolescentes, mas os cravos e espinhas se distribuem principalmente no terço inferior da face e no pescoço.

Quando ela ocorre nos homens adultos, a acne é tão somente uma persistência em maior ou menor intensidade das lesões que surgiram em alguma fase da adolescência. Já nas mulheres adultas, esse mesmo fato pode ocorrer, mas é muito mais raro! Nos dias de hoje, essa acne tardia tem muita frequência, apenas um dos sintomas de uma desordem hormonal.

Na grande maioria dos casos, nos deparamos com outros sinais e sintomas, tais como aumento de pelos (hirsutismo) na face e/ou no corpo; queda de cabelo; dificuldade em perder peso ou até mesmo diferentes graus de sobrepeso. Nessas pacientes não é incomum também encontrarmos uma história de abortos de repetição ou algum grau de dificuldade para engravidar (diminuição da fertilidade). O antecedente familiar de Diabetes tipo II (diabetes de aparecimento tardio) é ainda muito frequente. Todos esses mesmos sinais e sintomas podem aparecer isoladamente ou, num mesmo paciente, encontrarmos duas ou mais alterações concomitantes. Isso varia muito de pessoa para pessoa, ou melhor, de caso a caso!
Oi gente, achei essa reportagem muito interessante e quis compartilhar com vocês!

É sempre bom prevenir não é mesmo, além do fator estético, as espinhas, como vocês vão ver abaixo, podem refletir outros problemas, confiram!

As patologias que, no passado, costumávamos definir como Acne da Mulher Adulta e Síndrome dos Ovários Policísticos, atualmente essas várias alterações acima descritas podem ser englobadas para definir a chamada Síndrome da Resistência Periférica à Insulina ou, mais modernamente ainda, a Síndrome Metabólica. Por isso, uma simples acne de surgimento tardio nas mulheres necessita de uma criteriosa avaliação laboratorial e também de uma conduta multidisciplinar entre o dermatologista, o ginecologista e o endocrinologista!

É importante ressaltar que, nesses casos, a resposta ao Roacutan (Isotretinoína Oral) é bastante pobre, ou melhor, ocorrerão comumente recidivas poucos meses após o término do tratamento com essa medicação. No entanto, por outro lado, podemos afirmar que, com certeza, existem sim, maneiras adequadas e eficazes de tratar esse tipo de acne, com o controle das lesões ativas e a prevenção das temidas cicatrizes! Afora isso, a paciente estará também prevenindo problemas nas suas futuras gestações, bem como fazendo a prevenção de doenças graves como o diabetes e mesmo de doenças cardiovasculares.

Em conclusão, essa “nova cara da acne” traduz uma velha definição da dermatologia: “A pele é o espelho da alma!”. Nessa situação, a pele não somente é um espelho do que está ocorrendo no organismo como um todo como também induz a prevenção de outros problemas com um olhar sempre para o futuro!

Fonte: http://ne10.uol.com.br/coluna/questao-de-pele/noticia/2013/07/09/acne-de-cara-nova-429743.php

São João!!!

Como vocês sabem dia 24 de junho é feriado de São João, e em muitas cidades esse dia é de festa!!

Aqui em Pernambuco o São João é uma das tradições mais importantes, assim como o Carnaval, e existem vários eventos, seja no interior ou na capital, com shows, apresentações de quadrilha, comidas tipicas, etc.

De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial, nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha. Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.

O post de hoje é para dar ideias para vocês de como se produzirem para as festas!!

Existem dois tipos de looks que vocês podem escolher e eles dependem do ambiente que vocês vão, por exemplo: se for uma festa caipira, com quadrilha e tudo mais, vocês devem optar por entrar na brincadeira de cabeça, com vestidos coloridos, com fitas e maquiagem caracteristica.

vetgrande

maquiagem-para-festa-junina

Outra opção é um visual country para as baladas juninas, que aí pedi o visual de festa normal, mas com o acréscimos de detalhes juninos, seja o bom e velho xadrez ou com acessórios, como o cinto de fivela e bota.

Imagem13

visual1

JUNINA

plus size-002 como Objeto Inteligente-1

looks-festa-junina-modeos

look-festa-junina-bota-ankle-boot-2

E aí quais são seus planos para o São João???

1, 2, 3 …Dia dos Namorados!!

mike_molly_div600

Todo ano a mesma coisa, declarações, presentes, um jantarzinho romântico, ou um cineminha básico. Hoje é o dia que os casais apaixonados dedicam a demonstrar seu amor, e aí daquele que esquecer!!!

O dia dos namorados ou dia de São Valentim, é comemorado no dia 14 de fevereiro na maioria dos países, no Brasil, a data é comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo António, também conhecido pela fama de “casamenteiro”.

As comemorações inicialmente são em homenagem ao bispo Valentim que lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.

Além de continuar celebrando casamentos, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.

Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte – 14 de fevereiro – também marca a véspera de lupercais, festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Juno (deusa da mulher e do matrimônio) e de Pan (deus da natureza).

E vocês, o que planejaram para hoje??

Especial maio Mês das noivas: Sapato!!!

Chegamos a nosso ultimo post do especial de noivas, se você ainda tem alguma dúvida que não falamos, é só mandar nos comentários que faremos um novo post.

———————————————-

Outro ponto muito importante no figurino da noiva é o sapato, não só na questão estética, mas principalmente no CONFORTO.

Afinal o que adianta a festa está perfeita, se quando o DJ começar a tocar você não aguentar ficar em pé porque o sapato está machucando? Fora o mau humor que é impossível controlar quando estamos morrendo de dor.

Existem muitas opções no mercado com variedade de cores, tecidos e detalhes, então vamos as dicas para não errarem na hora da escolha:

modelos-de-sapatos-de-noiva2

1 – CONFORTO: Como eu disse ninguém vai querer, principalmente num dos dias mais importantes de sua vida, está com os pés todo machucado, com feridas e bolhas! Então é muito importante experimentar o sapato, andar bastante com ele para ter certeza que ele é confortável antes de comprar e de preferencia escolher saltos de no máximo 8 centímetros (é claro que se você já é acostumada a usar saltos e não sente dificuldades, pode usar maiores, mas estará correndo o grande risco de ficar toda dolorida depois).

14jan11-sapatos-noiva-salto-alto-plataforma confortavel

2 – ESCOLHA O CALÇADO CERTO PARA O HORÁRIO DO EVENTO. Para casamentos que ocorrem à luz do dia, em ambientes abertos, o ideal é que não tenha muito brilho, bordados e aplicações de pedrarias pesadas, o clima diurno pede um tipo de sapato mais leve sem muita informação. O brilho acetinado do tecido e detalhes de pontos de luz com pedras como o strass são permitidos! O salto e a cor vão variar de acordo com o gosto pessoal, isso não tem regra! (eu prefiro branco, mas vi algumas noivas que usaram sapatos coloridos, mas combinando com o buquê, ou detalhes no vestido, ficando harmonioso e bonito)

Olha que bonitinho, super criativo.

29

3 – O SAPATO DEVE COMBINAR COM O ESTILO DO VESTIDO. Lembre-se  que cada vestido combina mais, ou menos, com determinado modelo de sapato. E para os vestidos de noiva isso também deve ser observado. Para os vestidos mais curtos, opte por modelos que deixe os pés mais a mostra.

vestido curtoOs vestidos mais românticos pedem um sapato com a ponta mais arredondada e detalhes mais discretos, incluindo strass ou qualquer outro pequeno adorno que enfeite o sapato.

vestido romantico

Já os vestidos mais modernos, pedem modelos de sapato mais sóbrios e podem ter a ponta mais longa e fina, revestidos com material mais brilhante (mas cuidado com os exageros!!!)

vestido moderno

Agora, para casamentos na praia e ou no campo, pode-se usar rasteirinhas e sapatilhas com detalhes descolados, como flores, strass, não tem problema algum. (na praia eu ficaria descalça) Quem tem pés gordinhos, deve evitar as tiras finas, ok?

casamento na praia