São João!!!

Como vocês sabem dia 24 de junho é feriado de São João, e em muitas cidades esse dia é de festa!!

Aqui em Pernambuco o São João é uma das tradições mais importantes, assim como o Carnaval, e existem vários eventos, seja no interior ou na capital, com shows, apresentações de quadrilha, comidas tipicas, etc.

De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial, nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha. Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.

O post de hoje é para dar ideias para vocês de como se produzirem para as festas!!

Existem dois tipos de looks que vocês podem escolher e eles dependem do ambiente que vocês vão, por exemplo: se for uma festa caipira, com quadrilha e tudo mais, vocês devem optar por entrar na brincadeira de cabeça, com vestidos coloridos, com fitas e maquiagem caracteristica.

vetgrande

maquiagem-para-festa-junina

Outra opção é um visual country para as baladas juninas, que aí pedi o visual de festa normal, mas com o acréscimos de detalhes juninos, seja o bom e velho xadrez ou com acessórios, como o cinto de fivela e bota.

Imagem13

visual1

JUNINA

plus size-002 como Objeto Inteligente-1

looks-festa-junina-modeos

look-festa-junina-bota-ankle-boot-2

E aí quais são seus planos para o São João???

Anúncios

1, 2, 3 …Dia dos Namorados!!

mike_molly_div600

Todo ano a mesma coisa, declarações, presentes, um jantarzinho romântico, ou um cineminha básico. Hoje é o dia que os casais apaixonados dedicam a demonstrar seu amor, e aí daquele que esquecer!!!

O dia dos namorados ou dia de São Valentim, é comemorado no dia 14 de fevereiro na maioria dos países, no Brasil, a data é comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo António, também conhecido pela fama de “casamenteiro”.

As comemorações inicialmente são em homenagem ao bispo Valentim que lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.

Além de continuar celebrando casamentos, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.

Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte – 14 de fevereiro – também marca a véspera de lupercais, festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Juno (deusa da mulher e do matrimônio) e de Pan (deus da natureza).

E vocês, o que planejaram para hoje??

Melissa McCarthy&Zach Galifianakis = The Best couple EVER!

Todo mundo que acompanha o nosso lindo blog sabe que a Melissa McCarthy já é figurinha carimbada aqui. Simplesmente porque amamos ela! Ela é linda, engraçada, talentosa.. ( Estou quase fazendo um post “Como não amar Melissa?”) Exageros a parte, simplesmente a acho incrível. A Melissa hoje em dia está sendo considerada a nova rainha da comédia norte-americana, titulo que na minha humilde opnião é mais do que merecido, e que pude confirmar ontem. Noite passada fui com toda a família assistir “Se Beber não case III” O mais fraquinho da trilogia, se assim me permitem dizer, mas ainda assim bem legal!(Recomendo, não deixem de conferir.) 

Imagem

Bem, por ironia do destino ou não, ontem antes das luzes se apagarem, e todos se sentarem em suas confusamente marcadas cadeiras, eu estava justamente falando sobre ela ao meu pai, sem nem saber que a mesma fazia parte do filme! ( Não se preocupem, que aqui não vai rolar spoiler!) 

A Melissa faz uma participação pequena no filme, considerando o destaque que ela tem em outros filmes mesmo sem ser a protagonista. Mas a cena em que ela aparece, posso dizer que é uma das melhores. A junção de Melissa McCarthy com Zach Galifianakis é explosiva! Quem é o Zach? É O ALLAN, o gordinho mais querido de todos os tempos da comédia! *-* (Pensando em fazer outro post “Como não amar o Allan?”)

Imagem

 

Posso dar só um “spoilerzinho” ? Haaa, o blog é meu e eu posso sim! 😛

O Alan finalmente encontra sua alma gêmea!  *-*

E tinha que ser logo a ilustríssima Melissa! A cena do encontro desses dois é épica, na verdade uma das melhores do filme.

d8z492ermhp20qtfmdhjnu5kg

Eu não sei vocês mas quando eu penso na Melissa eu lembro na hora da série “Mike&Molly” Outro casal de gordinhos protagonizado pela Melissa que era muuuuuito fofo, vamo combinar?!

ImagemMas, falando sério. O alan, É O ALAN! Amei a junção desses dois. Espero ver mais trabalhos com essa dupla!

Que mundo estamos contruindo?

Olá minha belezuras! Esse final de semana prolongado que tivemos (POR CONTA DO FERIADO NA QUINTA.) Fez com que passasse mais tempo com minha família, inclusive com meus primos pequenos. É sempre bom estar perto de crianças, é um momento mais leve, mais “puro”, mais ingênuo, não é verdade? Afinal todos nós sabemos que crianças são muito sinceras, até quando não deveriam ser tanto… É sempre bom conversar com uma criança, você acaba abrindo a cabeça para os assuntos. Com essa minha filosofia de que as crianças são ótimos formadores de opnião, lá estava eu em pleno sábado a tarde conversando com meu priminho Leandro.

ImagemEsta pessoinha aí em cima.

Bem, estava olhando algumas fotos que já utilizamos tanto aqui, quanto na página do facebook. Eram mulheres acima do peso mas que eram extremamente lindas, rostos maravilhosos, peles maravilhosas, enfim. Eram lindas, porém gordas. Leandro curioso, como toda criança é, me veio perguntar o que eu estava olhando e eu prontamente respondi.

– Estou olhando fotos de mulheres bonitas, elas não são bonitas?

Ele que sempre responde tudo na lata, se calou. Insisti, e perguntei novamente. Ele meio sem saber como explicar começou a usar as mãos para mostrar o que estava errado na minha avaliação com relação a beleza daquelas mulheres. Ele colocava as mão como concha sobre as bochechas e dizia:

– É que elas são meio, assim…

E colocava as mãos novamente sobre as bochechas e fazia bico, querendo mostrar que elas eram “cheias” como ele mesmo depois falou.

Eu comecei a conversar com ele e perguntei o porque delas serem feias, perguntei se ele achava que só por alguém ser gordo essa pessoa já se tornava automaticamente feia. Depois de um tempo ele começou a mudar o que estava dizendo, talvez porque quando mostrei as fotos pedi pra ele examinar o rosto daquelas mulheres, pedi para que ele visse o olhar de confiança delas, e que ele me dissesse se ainda continuava as achando feias. Ou talvez, ele tenha começado a mudar seu discurso simplesmente porque ele é “Maria vai com as outras”. Depois que ele foi embora lá de casa comecei a analisar aquilo que se passara. Fiquei pensando em quando eu era criança, já que sempre fui uma pessoa gorda. Fui uma bebe, criança, adolescente e hoje sou uma adulta gorda. E sempre convivi com opiniões como essa de Leandro nos meus coleguinhas de classe, que justamente como a dele, foram disseminadas ainda quando criança. Tá certo que na minha época de escola ainda pouco se falava sobre o bullying, e em como apelidos, estereótipos, podem prejudicar a formação de uma criança. Mas nos dias atuais o que mais se fala é sobre isso. Eu como educadora, estudante de licenciatura vejo todos os dias crianças que vivem com essa violência, seja na escola ou nas próprias casas. Com mães que educam os filhos dizendo:

– Vamos comer verdura filha, você não quer ficar gorda e feia, né?

Fiquei preocupada com o garoto, e o homem que Leandro vai ser. E de todas as crianças que tem as mesmas ideias que Leandro. É obvio que esse tipo de ideologia de beleza não está inerente a ele e nem a nenhuma outra criança. É a sociedade em que vivemos que constrói mentes limitadas, e preconceituosas. Essas mentes infelizmente são construidas desde as primeiras palavras.

Vocês já assistiram “A pequena Miss Sunshine” ? Se não assistiram, assistam e de preferência assistam com seus filhos e filhas pequenos.

pequena-miss

Sabe de uma coisa? Eu quero uma sociedade onde o peso de uma pessoa não interfira em sua beleza e em seu caráter. Eu quero uma sociedade onde as crianças possam aprender desde cedo, que as diferenças são legais! Eu quero uma sociedade em que a escola e a família caminhem lado a lado na construção da índole de uma criança. Vamos pensar direitinho no que estamos fazendo para que a nossa triste realidade, um dia se torne essa sociedade que tanto queremos.